Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Ergonomia

Ergonomia

É o estudo da adaptação do trabalho ao homem.

Ela se inicia com o estudo das características do trabalhador para depois, projetar o trabalho que ele consegue fazer, preservando a sua saúde.

A ergonomia estuda diversos fatores que influem no desempenho do sitema produtivo e procura reduzir as suas conseqüências nocivas sobre o trabalhador.

Assim, ela procura reduzir a fadiga, estresses, erros e acidentes, proporcionando segurança, satisfação e saúde aos trabalhadores, durante o seu relacionamento com esse sistema produtivo.

Porque desenvolver um programa ergonômico dentro de sua empresa.

A competição por lugares de destaque no mercado faz com que empresas desenvolvam, e procurem aumentar a sua produção.

Nesse ambiente, os trabalhadores têm de se adaptar, constantemente, a novos equipamentos e/ou a novas formas de execução de suas atividades, o programa ergonômico procura em estudar a melhor forma de distribuir e executar as atividades diárias, sem resultar em danos à sua saúde do trabalhador, respeitando as habilidades e limitações de cada um e tendo em vista também os interesses da empresa.

Melhora da produtividade, funcionários saudáveis e diminuição de processos trabalhistas decorrentes de problemas posturais, LER-DORT e outros.

Legislação

O Laudo Técnico Ergonômico visa atender ao prescrito na Norma Regulamentadora n. 17 (NR17), portaria 3751 de 23 de Novembro de 1990, do Ministério do Trabalho.

Esta Norma Regulamentadora visa estabelecer parâmetros que permitam a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, de modo a proporcionar um máximo de conforto, segurança e desempenho eficiente.

Nosso Projeto contempla:

  • Laudo Técnico Ergonômico;
  • Análise Ergonômica do Trabalho;
  • Análise das Tarefas na Empresa;
  • Avaliação e Orientação Postural;
  • Consultoria;
  • Implantação de Comitê Ergonômico.
    • Adaptar a empresa aos colaboradores portadores de deficiencias

Objetivos:

  • Prevenir doenças no trabalho como LER, DORT, etc
  • Trazer novos projetos de conscientização em saúde Melhorar o marketing social e o clima organizacional
  • Aumentar a produtividade e a qualidade de execução dos serviços
  • Aumento da motivação dos funcionários
  • Melhoria da qualidade do produto
  • Facilidade em processos de certificações
  • Evitar ações trabalhistas, documentando a empresa com ações preventivas e legalizando a empresa de acordo com a NR17
    * diminuição do índice do FAP ( FATOR ACIDENTÁRIO PREVIDÊNCIÁRIO).
Lian Gong

Lian Gong
Fátima Borges Silva

O Lian Gong Shi Ba Fa foi criado em 1974 pelo médico ortopedista chinês dr. Zhuang.

Por desenvolver essa técnica de exercícios para prevenir e tratar de dores no corpo e restaurar sua movimentação natural, ele recebeu do governo chinês o Prêmio de Pesquisa Científica de Resultado Relevante.

Ao criar sua técnica, o dr. Zhuang inspirou-se em outras sequências tradicionais de exercícios terapêuticos chineses, como o Ba Duan Jin (Exercícios dos Oito Brocados da Seda), O Jogo dos Cinco Animais e o Yi Jin Jing (Exercício dos Camponeses), entre outros.

A prática do Lian Gong fundamenta-se nos mesmos conceitos básicos da Medicina Tradicional Chinesa, que fundamentam a massagem Tui Na, a Acupuntura, a Fitoterapia chinesa e o Qi Gong: o Qi, os Meridianos e a relação Yin e Yang.

As três séries de exercícios:

O dr. Zhuang complementou esta prática desenvolvendo mais 2 sequências de 18 exercícios.

A 1a sequência é conhecida como 18 Terapias Anterior, dividida em 3 séries:

  • 1ª série: exercícios para a prevenção e tratamento de dores no pescoço e ombros;
  • 2ª série: exercícios para a prevenção e tratamento de dores nas costas e região lombar;
  • 3ª série: exercícios para a prevenção e tratamento de dores nos glúteos e nas pernas.

A 2ª sequência é conhecida como 18 Terapias Posterior, dividida em 3 séries:

  • 1ª série: exercícios para a prevenção e tratamento de articulações doloridas das extremidades;
  • 2ª série: exercícios para a prevenção e tratamento de tenossinuvites;
  • 3ª série: exercícios para a prevenção e tratamento das desordens de órgãos internos (hipertensão, desordens do trato gastrointes-tinal, problemas de sono, ansiedade).

A 3a sequência é conhecida como ‘Qi Gong’, planejada para fortalecer as funções do coração-pulmão e para prevenir e tratar infecções das vias respiratórias.

Os exercícios são praticados seguindo o ritmo de músicas tradicionais chinesas.

Shiatsu
Shiatsu O SHIATSU é uma TÉCNICA de massagem japonesa, que surgiu na china e foi desenvolvida posteriormente no japão, em que trabalhamos os meridianos da acupuntura e toda a musculatura, agindo sobre o metabolismo dos tecidos, aumentando a circulação, facilitando a retirada de toxinas, melhorando a drenagem linfática, aumentando a imunidade, liberando endorfinas (hormônio do bem-estar), levando à sensação de relaxamento.

Devido às necessidades peculiares de cada paciente adaptamos a técnica à outras terapias. Desta forma, podemos oferecer um tratamento mais eficiente para cada caso, agindo diretamente nas causas das queixas principais de cada um, personalizando, dinamizando, acelerando o processo de recuperação e tratamento de cada paciente.

Do Shi (dedo) Tsu (depressão) - através da digito-pressão nos Meridianos do corpo, buscamos o re-equilíbrio energético corporal.
Shiatsu
Shiatsu facial
O Shiatsu Facial é uma técnica oriental de massagear o rosto e o pescoço.

Reduz as linhas de expressão, rugas e fadiga facial, dando vitalidade e luminosidade na pele da face, além de proporcionar, bem- estar, equilíbrio e relaxamento global do corpo.

Excelente também para tratar sinusite e paralisia facial.
Shiatsu
Reflexologia
Técnica de massagem aplicada nos pés.
Segundo a medicina chinesa existe nos pés um microssistema em que encontramos pontos que correspondem a todas as partes e orgãos do nossos corpo; e que quando estimulados, podemos tratar vários tipos de patologias:
  • dores nas costas
  • dores de cabeça
  • constipação intestinal
  • dores e deformidades nos pés
  • disturbios hormonais, disturbios digestivos
  • depressão
  • ansiedade
  • baixa de imunidade
  • outros.
Shiatsu
Acupuntura
A palavra "acupuntura" origina-se do latim, sendo que acus significa "agulha" e punctura significa "puncionar". A acupuntura se refere, portanto, à inserção de agulhas através da pele nos tecidos subjacentes, em diferentes profundidades e em pontos estratégicos do corpo para produzir o efeito terapêutico desejado.

O que se pode tratar com acupuntura:
  • Sistema Músculo-Esquelético e Reumatologia: dores ósteo-musculares, patologias miofasciais, tendinites, bursites, LER/DORT, fibromialgia, distensões musculares, coadjuvante em fraturas, dores crônicas pós-cirúrgicas, coadjuvante nas patologias do colágeno incluindo Lúpus (nas formas sistêmicas e discóides), artrite reumatóide, doença de reiter, Síndrome de Sjogrem, amiloidose, cervicalgias, dorsalgias, lombalgias.

  • Sistema Genito-Urinário: impotência; coadjuvante na infecção urinária, cólica nefrética; coadjuvante em orquite aguda e crônica; coadjuvante em prostatite, distúrbios menstruais (alterações de ciclo, hemorragias, amenorréia, dismenorréia); coadjuvante em anexites e miometrites, alterações benignas da mama, miomas, dor pélvica crônica, leucorréias persistentes, hipoalgesia da dor de parto, indução de trabalho de parto, náuseas e vômitos da gravidez, parto prematuro.

  • Sistema Circulatório: hipertensão arterial essencial, arritmias supra-ventriculares; coadjuvante nas varizes de membros inferiores.

  • Sistema Respiratório: asma, bronquite, infecção de vias aéreas superiores, enfisema pulmonar, amiloidose pulmonar; coadjuvante nas infecções agudas e crônicas.

  • Sistema Digestivo: dispepsias, esofagite de refluxo; coadjuvante em úlcera péptica e gastrite; coadjuvante em moléstia de Crohn e retocolite ulcerativa; coadjuvante em diarréias agudas e crônicas; coadjuvante em hepatites, sintomático na cólica biliar.

  • Sistema Nervoso: diminuição de memória, cefaléias, ansiedade, depressão; coadjuvante nas patologias degenerativas como esclerose múltipla, esclerose lateral amiotrófica, miastenia gravis, acidente vascular vertebral (AVC).

  • Sistema Endócrino: hipotireoidismo, hipertireoidismo, alterações de ciclo menstrual.
Shiatsu
Auriculoterapia ( método francês e chines)
Auriculoterapia (método francês e chinês): método de tratamento de acupuntura que usa o pavilhão auricular para diagnóstico, tratamento e prevenção de enfermidades físicas e mentais, através de estímulos de pontos auriculares, objetivando o equilíbrio energético funcional.
Shiatsu
Therapeutic Tape ou Spiral Taping ( terapia do esparadrapo)
Therapeutic Tape ou Spiral Taping (terapia do esparadrapo): técnica japonesa que utiliza colagem de esparadrapos, para tratar e equilibrar problemas de articulação e músculos, resultando em melhoras imediatas de diversos sintomas dolorosos.

Excelente no tratamento de lombalgias, tendinite, bursite, edemas, dores nos joelhos, e etc.
Shiatsu
Quick Massage ( massagem da cadeira ou shiatsu express)
Quick Massage (massagem da cadeira ou Shiatsu Express). Técnica de massagem rápida, que utiliza manobras de shiatsu, tuiná, quiropraxia e alongamentos, para alívio de dores na coluna, stress, cansaço e relaxamento.
Shiatsu
Posturologia
Posturologia - Uma revolução no tratamento da postura

A posturologia, método desenvolvido pelo cirurgião - ortopedista DR. Bernard Bricot, caracteriza-se e diferencia-se por ser uma nova abordagem de diagnóstico e tratamento multidisciplinar que reúne várias especialidades tais como:
  • clínica geral
  • oftalmologia
  • fisioterapia
  • odontologia
  • fonoaudióloga
  • ortóptica
  • podologia
  • e outros.
Atua na prevenção e tratamento das causas de uma série de doenças vinculadas aos desequilíbrios posturais e não apenas nos seus sintomas como cefaléia, dores musculares e ou articulares, desvios da coluna, disfunções craniomandibulares, más oclusões e distúrbios do comportamento.

Existe, no entanto alguns fatores que podem comprometer e muito a nossa posição ideal do corpo no espaço, ou seja, a nossa postura.

A regulação desta, segundo a posturologia depende dos chamados captores posturais, cujos mais importantes para a manutenção de nossa postura seriam: os olhos, pés, boca (dentes).

Estes captores enviam informações permanentes ao sistema postural, que vai tornar possível o equilíbrio.

O tratamento consiste na regulação destes captores e o uso de uma palmilha, específica para cada caso, apresentando excelentes resultados tanto posturais como nas seqüelas decorrentes destes desajustes.

O tempo médio de tratamento é em torno de 1 ano e meio e normalmente um controle a cada 45 dias, para acompanhar a evolução das correções.

Os resultados são relativamente rápidos e os outros tratamentos acabam sendo complementares a posturologia.

O objetivo da posturologia é tratar a causa e não os sintomas, bem como o trabalho multidisciplinar.
Shiatsu
RPG
A Reeducação Postural Global - RPG, na minha avaliação, chegou até nós como um divisor de águas da Fisioterapia: ou seja, a fisioterapia antes do RPG e após o RPG.

O método foi criado pelo fisioterapeuta francês Dr. Philippe Souchard em 1980, e tem como objetivo reestruturar a postura de cada indivíduo.

Nós, humanos, para nos mantermos na posição bípede (em pé), sofremos a ação da gravidade, que nos obriga a procurar um ponto de equilíbrio para conseguirmos nos manter em pé.

Nesta busca do equilíbrio, muitas vezes fazemos mais uso de um grupo muscular do que de outros.

Como conseqüência, adquirimos posturas incorretas, ou seja, patológicas.

Na correção dessas posturas, surge a Reeducação Postural Global, que é um dos métodos mais modernos e eficazes existentes atualmente.

E que avalia o homem como um todo; ou seja, ele não é só uma coluna ou uma perna, mas um ser completo, composto de mente, corpo e espírito.

Esta técnica considera o sistema muscular de forma integrada.

Não é só fortalecer os músculos, mas sim combater excessos de tonicidade, por meio de alongamentos, posicionamentos e trabalhos respiratórios.

O RPG tem demonstrado ser uma excelente ferramenta para o tratamento de problemas posturais e outras patologias.

A eficácia e os bons resultados em curto prazo são hoje amplamente conhecidos por quem já fez ou faz o RPG.
Shiatsu
Moxabustão
A moxabustão, ou moxa, vem da palavra japonesa mokusa, que significa "erva queimada".

Foi registrada pela primeira vez em textos médicos durante a Dinastia Song (960 d.C.), mas provavelmente foi usada por muito mais tempo.

É uma terapia importante na Medicina Tradicional Chinesa; os textos antigos diziam que a moxa deveria ser usada se a acupuntura e as ervas não funcionassem na cura da doença.

O calor da moxabustão é extremamente penetrante, tornando-a eficaz quando há menos circulação, condições frias e úmidas, além de deficiência do yang.

Quando aplicada aos pontos de acupuntura específicos à deficiência de yang, o corpo absorve o calor o máximo possível, recuperando o qi do yang do corpo e o "fogo ministerial", a fonte de todo o calor e energia do corpo.

A moxa é preparada a partir da artemísia (Artemisia vulgaris), uma erva perene comum.
As folhas aromáticas são secas e peneiradas várias vezes até que fiquem macias.

Existem duas técnicas de aquecimento para a aplicação da moxabustão:
  • moxa indireta
  • moxa direta


   Moxa indireta
Na moxa indireta, a "lã da moxa" é enrolada em forma de um longo cigarro e embrulhada em papel.
A moxa é, então, acesa e mantida cerca de 2,5 cm de distância da área desejada - um ponto de acupuntura ou outra área do corpo escolhida pelo profissional.
A moxa indireta pode ser usada nos pontos de acupuntura para se ter um efeito sistêmico, ou no corpo todo, ou pode ser utilizada diretamente no local do problema. Por exemplo, a moxa indireta pode ser aplicada a uma região inchada e dolorida, como uma articulação com artrite.
Também é apropriado aplicar calor indireto em pontos de acupuntura específicos, como o zusanli (estômago 36) ou mingmen (duodeno 4), para criar um efeito sistêmico.
O calor colocado nesses pontos aumenta o metabolismo e a imunidade do corpo, de modo que a moxabustão, nesses pontos, também pode ser usada como um cuidado preventivo.
Outro tipo de moxa indireta implica em enrolá-la, colocá-la na ponta de uma agulha de acupuntura enquanto ela está no corpo, e acendê-la.
O calor da moxa percorre o cabinho e a agulha.
A agulha transfere o calor especificamente ao ponto desejado no corpo.

   Moxa direta
Na moxabustão direta, enrola-se uma pequena quantidade de erva em um cone, queimado diretamente na pele.
Às vezes, isso pode provocar queimaduras, por isso, essa técnica raramente é realizada nas clínicas de acupuntura ocidentais.
Na maioria dos casos, quando a moxa é aplicada diretamente à pele, coloca-se um pouco de ungüento no ponto para evitar a queimadura.
Em outras técnicas, a moxa é queimada na ponta de um pedaço de gengibre, alho ou acônito; além de evitar queimadura, isso transmite os efeitos terapêuticos dessas plantas ao tratamento.
Shiatsu
Ventosaterapia
A VENTOSATERAPIA tem como base à colocação de uma campânula de vidro ou outras formas de inspiradores semelhantes aos copos de ventosas sobre a pele, após fabricar vácuo pela queima do ar no seu interior, gerando uma sucção no local.

É um método não invasivo que pode ser usado para uma ampla variedade de problemas, é de fácil execução e acima de tudo, é eficaz.

O principal objetivo da Ventosaterapia é controlar a corrente sanguínea, tornando-a mais eficiente, fortalecendo os vasos sanguíneos, removendo qualquer tipo de estagnação do corpo, evitando infartos e derrames.

Seu efeito relaxante tem relevante aplicação para facilitar movimentos articulares na liberação do Qi, sendo usada também, para combater estresse, gripes e resfriados, pressão alta ou baixa, asma (especialmente em crianças), nevralgias, dores nos ombros, dor de cabeça, lombalgias, etc.

A Ventosaterapia facilita as trocas gasosas e regula o PH sangüíneo, trazendo um efeito reflexo quando aplicada nos pontos de acupuntura.

Pode ser utilizada como massagem, e aplicada junto à drenagem linfática combate a celulite.

A aplicação de ventosas no corpo traz um extraordinário benefício, tanto físico como psíquico.

Além de tratar doenças é usado para a manutenção do bem estar, mantendo a flexibilidade dos músculos, retirando as adesões e as fibrosidades.

A aplicação de ventosas é feita sobre os músculos enrijecidos e acalma também os nervos excitados, revitalizando a energia para superar o estresse e suas enfermidades. Também pode ser realizada uma massagem com deslizamento utilizando a ventosa, sendo que neste caso a sucção é mais leve. Portanto, nesta situação o risco de hematomas é bem menor.

Esta técnica promove um relaxamento muscular rapidamente.
Shiatsu

Dra. Fátima Borges Silva - Fisioterapeuta
Rua São Pedro, 255
Ponte São João - Jundiaí - São Paulo
Fones: (11) 4607.0725 - 99966.2775 - 3446.4341

desenvolvido por Jundmais Tecnologia Web